quarta-feira, 6 de julho de 2005

Informação é sempre importante!

Estou lendo o segundo livro da série do "Guia do Mochileiro das Galáxias", cujo nome é "O Restaurante no Fim do Universo", e achei duas partes que são de importância fundamental na compreensão da vida. Lá vão elas:

1) Após definir o que é INFINITO, o livro define o que seria a POPULAÇÃO do infinito: "É fato conhecido que há um número infinito de mundos, sim­plesmente porque há um espaço infinito para que esses mundos existam. Todavia, nem todos são habitados. Assim, deve haver um número finito de mundos habitados. Qualquer número fini­to dividido por infinito é tão perto de zero que não faz diferen­ça, de forma que a população de todos os planetas do Universo pode ser considerada igual a zero. Disso podemos deduzir que a população de todo o Universo também é zero, e que quaisquer pessoas que você possa encontrar de vez em quando são mera­mente produtos de uma imaginação perturbada"
Quer lógica melhor que essa?!? hahaha

Tenta essa agora:
2) "
A história de todas as grandes civilizações galácticas tende a atravessar três fases distintas e identificáveís - as da sobrevivência, da interrogação e da sofis­ticação, também conhecidas como as fases do como, do por quê e do onde.
Por exemplo, a primeira fase é caracterizada pela per­gunta: "Como vamos poder comer?" A segunda, pela pergunta: "Por que comemos?" E a terceira, pela per­gunta: "Onde vamos almoçar
?"

Esse livro é muito divertido. Quem puder, leia!
P.S.: enquanto meu carro conserta, estou aprendendo a usar melhor o tempo no ônibus! Pode parecer meio "geek", de livrinho em punho no ônibus, mas fazer o quê? Eu sou meio "geek"...