sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Viva a imaginação infinita!

Rolei de rir com a "lógica" do cidadão na criação dessa teoria. E viva a imaginação e o ócio criativo! :D