terça-feira, 3 de junho de 2008

Palm Centro chega ao Brasil. Motivos pra comemorar?

Eu li na semana retrasada, confirmei no site da Palm, mas por preguiça acabei não comentando aqui. Agora começaram a pipocar as notícias do Centro da Palm que está sendo vendido aqui, e eu não vou deixar a chance passar.

Por alguns segundos, eu achei que tinha encontrado o substituto do meu LifeDrive! Poderia até aposentar o N73 novinho e quem sabe juntar tudo numa coisa só. Mas aí comecei a ler a ficha técnica, ler alguns comentários na internet, e pelo jeito, vou ser mais um usuário da Palm, antigo defensor ferrenho, que vai acabar mudando de plataforma...

O Centro veio em duas cores: preto e branco. Tem uma tela legal, touchscreen, 320x320 pixels. Memória de 64MB, slot de cartão micro SD, bluetooth, etc, etc. O Palm OS é na versão da ACCESS 5.4.9, o navegador nativo ainda é o Blazer, vem PocketTunes e Documents To Go.
E como a Palm continua lerda para acompanhar evoluções, veio sem 3G e sem Wi-Fi.

Ele está sendo vendido na Loja Palm, no site da Palm mesmo, por R$ 1.099,00, e em outros sites pela net.

Aí você para, olha e conclui: mais do mesmo...
A máxima que diz que "em time que está ganhando não se mexe" não vale para a Palm faz tempo, e está mais do que na hora de melhorar esses dispositivos se eles querem pelo emnos manter os usuários que tinham.

Além de dispositivo, um fator que é preponderante aqui no Brasil é o atendimento pós-venda da Palm, que é um dos piores atendimentos que eu já vi. Gente mal-educada e sem vontade de atender o cliente.

Vale à pena comprar? Se você ama Palm e não liga a falta de 3G e Wi-fi, esse smatphone é pra você.
Mas pra mim, a busca continua...