segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Fala comigo?

Há um tempo, acho que no começo do ano, depois uma conversa de bar sobre casamento, relacionamentos, monogamia e poliamor, vi uma enxurrada de vídeos e músicas sobre o assunto pelo Facebook e Twitter.
Talvez tenha percebido como uma enxurrada porque eu estava prestando atenção no assunto, e alguns foram mais marcantes que mereceram ser guardados nos favoritos, tanto pelo enredo bonito, quanto pela ideia de lançar a discussão sobre o assunto.

Essa noite, resolvi postar 2 vídeos dessa seleção: um sobre casamento e outro, poliamor.

O primeiro é entitulado "It's time" e foi feito por uma organização chamada Get Up! Australia.
Não vou contar pra não estragar o final, mas acho um vídeo bem sacado (e terno) pra se discutir um assunto cabeludo.
Depois de ver, depende do seu grau de preconceito, imagine trocar o protagonista que fica em primeira pessoa por qualquer coisa diferente: uma pessoa de outra cor, outra religião, outra idade. A discussão seria tão válida quanto a desse vídeo. Fica o meu apoio a aqueles que acreditam e assim querem.



Ah, acho a música de fundo linda, minimalista e gostosa de ouvir enrolado em quem se gosta.
O nome é "Last night I heard everything in Slow Motion" e o autor se chama Oliver Tank.
Gostou? Escute aqui.

Já o segundo é o vídeo que puxa a discussão do Poliamor e esse, é nacional!
Tem gente que consegue, com um sentimento aparentemente genuíno, amar mais de uma pessoa da mesma maneira e, assim, construir uma relação em que todos saem felizes. Não é bagunça, nem festa da uva. Confira o vídeo.


Poliamor from Zé Agripino on Vimeo.

Depois de tudo que já vivi, com altos e baixos, minha opinião é só uma:
Seja como for, seja honesto.
Honesto consigo mesmo e honesto com a outra pessoa.
O restante é vida que acontece.